quarta-feira, 28 de julho de 2010

Olhos nos olhos


Espreito por uma larga esperança, o horizonte à minha frente.

Sempre que olho para trás, reconheço o medo, aquele que me olha nos olhos sem que eu desvie o olhar, é nele que vou beber a determinação para arriscar, para acreditar num novo (re)começo.
Acredito que a liberdade está perto...sinto-a numa imensa tranquilidade...

2 comentários:

@zulebranco disse...

Boa tarde,

Ainda bem que voltaste, como gosto de te ver a andar pra frente tão animada, a vida é assim depois da queda temos que nos esforçar para levantar

......

Sorriso grande

F.Melo disse...

O sonho está no topo da montanha. Continua a ir em frente. Se caires, levanta, ri, sacoda a poeira e continue.